Rede Social do Bambu

Encontro de Pessoas e Comunidades de Entusiastas da Cadeia Produtiva do Bambu

Dica do nosso amigo Carlos Melo.
Uma maquina para cortar Bambu. Desenvolvida e fabricada na India por Anil Enterprises.
email: axe.cutters@gmail.com

Acho que dá pra adaptar e desenvolver no Brasil...

Exibições: 6039

Vídeos relacionados

Comentar

Você precisa ser um bambuzeiro de Rede Social do Bambu para adicionar comentários!

Entrar em Rede Social do Bambu

Comentário de Dario Belibaldo Acacio em 5 junho 2015 às 15:41

Boa tarde, gostaria de saber se a serra abaixo, serve para cortar bambu, trocando o tipo da serra, colocando um policorte?

Bancada Multifunção 7x1 Ferrari Mf-7 - Serra

Comentário de marcelo em 10 agosto 2012 às 23:58

como faço para comprar uma maquina dessa

Comentário de Arteinbambu.webnode.com em 8 fevereiro 2012 às 23:28

 Olá amigos bambuzeiros...

 Com a minha humilde experiência de 28 anos na oficina mecânica de uma emprêsa,deu pra perceber que essa máquina é simplesmente uma policorte sim, só que colocaram uma serra no lugar do disco. Quem fez a adaptação sabia perfeitamente o que estava fazendo, pois por questão de segurança é proibido usar discos ou rebôlos para cortar madeira.Quanto á abraçadeira, ela pode ser confeccionada em qualquer serralheria sem problema algum.

Comentário de Cristian Ahumada em 30 maio 2010 às 15:14
Olá! Quero deixar na rede a minha experiência de cortar bambu.Faço isto a mais de
dez anos com alta produtividade. A máquina mostrada no vídeo não resolve o problema
para a grande maioria dos bambuzeiros. A serra diamantada mostrada no vídeo
com 60 a 80 dentes com alta rotação, serve especificamente para cortar bambus verdes
de paredes grossas, como é o caso das espécies entoucerantes (bambusa). O phyllostachys aurea,
( cana da índia), Phyllostachys pubescens (mossô),que são os mais utilizados no artesanato
e movelaria são espécies alastrantes cujas características de resistência supera a maioria
dos já mencionados, Sua parede fina e sua alta dureza na parte externa faz cisalhar principalmente
os de pequeno diâmetro. Uma máquina Poli-corte para esquadria de alumínio e uma serra
de aço rápido com baixa rotação perfeitamente satisfazem as necessidades de uma pequena
empresa, com custo em torno de R$ 1300,00.
Comentário de Sandro José Viana dos Santos em 15 abril 2010 às 17:10
Caros amigos, creio que a grande dificuldade em obter ferramentas para o manuseio do bambu nos leva sempre ao jeitinho brasileiro de resolver alguns problemas, eu mesmo estou trabalhando com uma makita ( serra Marmore) com um pequeno disco de madeira com muitos dentes e para diametro de até três cm pra mais, está resolvedo meus problemas, mas neste caso que para a segurança da usuário tem que ser fixada em uma bancada, pois ela pode da coiche muito forte, fazendo furos na chapa de aço da maquina e parafusando a mesma em uma bancada ela vira uma pequena serra de bancada, e seu corte deixa uma tonalidade escura sem nenhuma rebarba, já usei com um pequeno disco de ferro e também funcionou, tudo isso me leva a pensar que realmente uma policorte memo com o disco para corte de ferro funcione muito bem.
Comentário de Eduardo Senna Boaventura em 1 abril 2009 às 10:12
A Rede Bambu amplia as perspectivas da rede da criatividade. Palavra de definições múltiplas, que remete intuitivamente à capacidade não só de criar o novo, mas de reinventar, diluir paradigmas tradicionais, unir pontos aparentemente desconexos e, com isso, equacionar soluções para novos e velhos problemas. Em termos econômicos, a criatividade é um combustível renovável e cujo estoque aumenta com o uso. Além disso, a concorrência entre agentes criativos, em vez de saturar o mercado, atrai e estimula a atuação de novos produtores.
Comentário de Paulo em 31 março 2009 às 14:47
A pergunta é : quanto pode/deve custar ao consumidor final a serra policorte adaptada ao bambú para que seja uma alternativa viável para quem compra e quem desenvolve/adapta ?
Penso que este seja o ponto de partida , o resto , como bons brasileiros criativos , tiramos de letra.

Abraços
Comentário de afonso saffra em 31 março 2009 às 14:05
bom sobre esta policorte o disco usado esta certo quanto ao uso para corte de metais aqui se usa um disco diamantado ele corta ferro plastico aluminio e galvanizados e usado para corte de madeira prensada em geral e bambu tb o corte fica sem fiapos rachaduras e com um acabamento perfeito tanto para bambu fino ou grosso e a velocidade tb quanto mais rapido melhor esta no disco marcado abraços
Comentário de afonso saffra em 31 março 2009 às 13:56
hum interessante ne mas a outras formas de cortar bambu ai no brasil sim com certeza a forma que os chineses fazem as tabuas tb nao esta muito fora do que se tem visto por ai a fora mas com madeiras ou restos de madeira no caso do banbu sao maquinas antigas mas ainda dao conta do serviço aqui no japao o maquinario e mais compacto e mais limpo o serviço com certeza mas nao deixa nada a perder para os brasileiros com certeza a unica diferença esta na quantidade de bambu que existe aqui na asia eo valor e de graça quanto que uma tabua de 1metro de madeira custa equivalente a 1 dollar e 50 cents por este motivo e tao usado o bambu aqui na asia abraços afonso saffra nagano japao
Comentário de Rafael Kopeski em 19 março 2009 às 22:04
Olá.
Tenho uma sugestão que talvez vários já usaram na poli-corte.
O disco de corte pra tubos de ferro, ele faz com que o corte seja com precisão, sem fiapos e dando um acabamento escurecido, assim fazendo um isolamento das fibras do bambu.
valew...

© 2015   Criado por Egeu Laus.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço